Quem sou eu ?

Minha foto
Capital do Ceará, Ceará, Brazil
cearense,ex aluno Marista,canhoto,graduado em Filosofia pela UECE, jogador de futebol de fds, blogueiro, piadista nato e sobretudo torcedor do Ceará S.C. Não escreveu livros, não tem filhos e não tem espaço em casa para plantar uma árvore.

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Para pensar a linguagem...

Início do show do grupo Teatro Mágico, com poema de Fernando Anitelli, em que se fala de forma irônica, crítica, bem-humorada e extremamente inteligente sobre a língua portuguesa e suas estruturas e formas.
Prestem muita atenção ao jogo de palavras.

Sintaxe À Vontade
(Fernando Anitelli)

"Sem horas e sem dores
Respeitável público pagão ..."
todo sujeito é livre para conjugar o verbo que quiser
todo verbo é livre para ser direto ou indireto
nenhum predicado será prejudicado
nem tampouco a frase, nem a crase,nem a vírgula e ponto final!
afinal,
a má gramática da vida nos põe entre pausas, entre vírgulas
e estar entre vírgulas pode ser aposto
e eu aposto o oposto que vou cativar a todos
sendo apenas um sujeito simples
um sujeito e sua oração
sua pressa, sua prece
que enxerguemos o fato
de termos acessórios pra nossa oração
separados ou adjuntos, nominais ou não
façamos parte do contexto
sejamos todas as capas de edição especial
mas, porém, contudo, entretanto, todavia, não obstante
sejamos também a contra-capa
por que ser a capa e ser a contra-capa
é a beleza da contradição
é negar a si mesmo
e negar a si mesmo
é muitas vezes, encontrar-se com Deus
com o teu Deus
Sem horas e sem dores
Que nesse encontro que acontece agora
cada um possa se encontrar no outro e o outro no um
até porque...
tem horas que a gente se pergunta...
por que é que não se juntatudo numa coisa só?

video

Nenhum comentário: